Arquivos do Blog

Top piores da semana – primeira parte

Por Tico Reis

Diante de uma semana recheada de pesquisas interessantes, o negócio foi dividir a bagaça no meio e fazer a alegria da culatra de todos.

Muita punheta de gente bêbada em busca de respostas sanas para dúvidas mais duvidosas.

Tudo para a construção dessas pérolas tão valiosas: 

20- “ficar sem comer bafo”

Que eu saiba ninguém come bafo! No máximo, aprecia com ou sem vontade! Se for bafão, a apreciação poderá ser podre a ponto de tirar a fome. Se bafudo do bom, um beijo apetecerá (desde que a criatura não seja podre noutros aspectos).

19- “munher e uma bosta”

“Munher” deve ser uma bosta mesmo! Já mulher, ser tão feminino, parece-me flores. Caso bosta, a melhor de todas com certeza! Mas pela interpretação fria das palavras, “munher” seria um ET? “E uma bosta” seria um aditivo desse suposto alienígena?   

18- “sexo nas baladas”

Em balada de swing o sexo é certo! Aliás, lá é tudo muito bacanal! Caso goste do talo da couve-flor, pode até levantar a pipa pela rabiola após a refeição principal. Uma verdadeira brincadeira do caralho!

17- “baladas gls com mulheres”

Normal! Há muitas baladas GLS só para mulheres. Se bem que exista, nelas, muita mulher com cara, corpo e jeito de homem! Mas a buça, em qualquer caso, lá está (ainda que meio defumada).

16- “paty primeira pedra”

Antes a primeira do que a última pedra! A Patty, na verdade, só joga pedrinhas de isopor. E faz isso com muita purpurina…

15- “sexo em balada femenina”

“Femenina”? Não seria feminina? Balada feminina existe sim! Mas sexo em balada feminina, só se for em bacanal fechadinho entre elas… Tipo festa do bacalhau sem pimentão (talvez com azeitonas)!

14- “meninos batem muita punheta”

Na verdade, eu acho que os meninos SÓ batem punheta! O dia inteiro batendo na própria inspiração! São os verdadeiros Picassos do banheiro! Pela real, piquinhas com pincel de rodapé em bocal artesanal de privada.

13- “homens batendo punheta”

O que mais tem é homem batendo punheta! E tanto solteiros quanto casados. Os solteiros por falta de uma foda garantida; e os casados pela mesma foda garantida pela eternidade. Em suma, todos os gêneros na vontade de uma foda nova! Solução: bater punheta! Liberdade pra dentro da cabeça imaginária pra liberdade fora da cabeça solitária. Na real, melar-se sozinho com o próprio doce diabético!

12- “so bundudos”

O que mais tem é bundão! E quanto maior a poupança, maior a aplicação das Marias. O problema é quando o camarada só é bundudo mesmo! Aí não há aplicação que possa render nem mesmo uns paus no meio do aplicativo do cidadão. Nesses casos, o bundudo vai ser somente um rendimento de merda!

11- “o melhor dialogo de bêbados”

Um bêbado diz ao outro: quero comê-lo bêbado! O outro responde: nem se eu estiver trêbado! O outro retruca: e se estiver sóbrio? O outro conclui: aí sou capaz de pensar em comê-lo se ficar bêbado. O primeiro então treplica: já que está bêbado, pode me comer. O outro arremata: quando estou bêbado não penso em comer, pois só quero beber.    

Mais tarde, às 19h, a segunda parte do top piores da semana! Imperdível!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 76 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: